"Decidimos investir em um sistema que garante a vantagem tecnológica em termos de qualidade, precisão e custo de operação", diz Szymon Mazurkiewicz, CEO da Kielce Technology Park. "O investimento simboliza nosso comprometimento em ser um produtor de classe mundial de peças e produtos impressos em 3D que impulsionem a inovação de nossos clientes."

A revista Forbes recentemente informou que apenas algumas economias apresentaram crescimento constante nos últimos 25 anos. Nessa lista estão incluídos os países esperados, como China e Índia, e um país que talvez não fosse esperado: a Polônia.

A Polônia conquistou grande parte de seu sucesso através da fabricação de baixo custo, de acordo com um relatório recente da McKinsey & Company. No entanto, o relatório diz que o país precisa redefinir sua estratégia de crescimento e identificar novas fontes de desenvolvimento, como a inovação de produtos.

Um grande passo na direção de um novo centro de impressão em 3D na Kielce Technology Park. O Centro foi criado em torno do sistema de sinterização seletiva a laser (SLS) ProX™ SLS 500 da 3D Systems. Na época da instalação no verão de 2015, acreditava-se que era a primeira máquina de sua classe na Europa e a segunda no mundo.

"Decidimos investir em um sistema que garante a vantagem tecnológica em termos de qualidade, precisão e custo de operação", diz Szymon Mazurkiewicz, CEO da Kielce Technology Park. "O investimento simboliza nosso comprometimento em ser um produtor de classe mundial de peças e produtos impressos em 3D que impulsionem a inovação de nossos clientes." 

Retorno imediato sobre investimento

O ProX SLS 500 produz peças funcionais prontas para uso e montagens completas para uma ampla gama de aplicações industriais, médicas e do cliente. Ele usa o plástico DuraForm® da 3D Systems, um material de nylon durável, para produzir componentes que sejam iguais ou ultrapassem a qualidade de moldagem por injeção.

O retorno sobre o investimento do ProX SLS 500 iniciou quase imediatamente para a Kielce Technology Park. Nos dois primeiros meses de abertura, o Centro de Impressão em 3D adquiriu 40 clientes diferentes.

Clientes iniciais representam uma ampla variedade de indústrias, incluindo moda, arquitetura, indústria química e empacotamento de alimentos, fundição, indústria médica e eletrônica.

As peças impressas pelo ProX SLS 500 incluem interruptores leves, gabinetes para purificadores de ar, propulsores e elementos de bomba, painéis de absorção de som, lâmpadas de bico de fogo, brinquedos e botões e zíperes personalizados para roupas.

O Centro também assinou contratos de longo prazo logo no primeiro mês de operação, demonstrando a prontidão de empresas para entrar no mercado de produtos produzidos por SLS.

"Recebemos excelente treinamento, atendimento e suporte técnico da 3D Lab, a Parceira Autorizada da 3D Systems na Polônia, que nos ajudou a fazer o uso mais eficiente do ProX SLS 500 para nossos clientes", diz Thomas Bajor, Diretor de Engenharia do Centro de Impressão em 3D da Kielce Technology Park. 

Versatilidade, qualidade, economia

O ProX SLS 500 foi selecionado como o elemento fundamental da operação do Centro de Impressão em 3D após uma pesquisa de mais de um ano e meio que levou em consideração a variedade de tecnologias de impressão em 3D disponíveis e as demandas constantemente variáveis do mercado.

"Levamos vários produtos e tecnologias em consideração antes de optar pela versatilidade do SLS para a produção de séries curtas e protótipos", diz Sr. Bajor. "Um grande recurso do ProX SLS 500 é a certificação de segurança da saúde do material DuraForm PA usado nas indústrias médicas e de alimentos."

Não foi apenas os resultados impressos que atraíram a Kielce Technology Park, mas a operação automatizada e eficiente do ProX SLS 500.

A impressora tem um sistema de controle de qualidade do material integrado (MQC) que realiza o peneiramento e a filtragem automáticos e contínuos e, ao mesmo tempo, oferece transporte de materiais livres de manutenção para os cartuchos da impressora. Uma característica única é a capacidade de resfriar o bolo de impressão fora da câmara de impressão, permitindo que usuários coloque uma segunda bandeja na máquina para reduzir o tempo de inatividade de impressão e aumentar a eficiência da fabricação.

Uma câmara de 381 x 330 x 457 mm (15 x 13 x 18 pol.) integrada oferece flexibilidade operacional, permitindo que usuários dentro de uma semana típica produzam vários modelos grandes ou dezenas de objetos menores. Se a câmara não estiver completamente cheia, novos modelos podem ser adicionados enquanto a máquina trabalha em um projeto previamente carregado.

As impressões de acabamento incluem um acabamento de superfície mais liso, com a mais alta resolução e definição de borda de qualquer sistema SLS.

“O ProX SLS 500 ofereceu os melhores resultados no estágio de testes", diz Sr. Bajor. "O acabamento da superfície e a nitidez das boras foram superiores aos outros produtos com sinterização a laser no mercado."

Economia de custo operacional e consciência ambiental também são importantes para Kielce Technology Park. As altas taxas de reciclagem do pó de SLS usado no ProX SLS 500 permitirá que a operação da Kielce economize dinheiro e reduza desperdícios, de acordo com Sr. Bajor.

"O ProX SLS 500 tem a taxa mais alta de recuperação de material não sinterizado, que, depois do pós-processamento, volta para a bandeja de impressão para uso na criação das próximas séries de peças. Isso oferece benefícios econômicos e ambientais incríveis."

Mantendo o ritmo com os líderes mundiais

A versatilidade, a confiabilidade, a velocidade e a economia do ProX SLS 500 oferece ao Centro de Impressão em 3D na Kielce Technology Park uma ampla gama de oportunidades no futuro, tanto no país como no exterior, em indústrias como plástico, automotiva, aeroespacial, eletrônica, medicina, design industrial, alimentos, defesa e outros.

"Nossos clientes elogiam a qualidade de suas peças impressas em 3D e as acham melhor em termos de precisão e resolução do que qualquer outro serviço da concorrência", diz Nina Jarocka-Bak, Coordenadora do Centro de Impressão em 3D. "Eles podem trabalhar conosco para reinventar a estratégia de toda a produção e rede de fornecimento, levando a custos de fabricação mais baixos e a capacidade de produzir produtos completamente personalizados da mais alta qualidade no menor período de tempo."

"Estamos agora desenvolvendo nossa cooperação com várias empresas, continuamente ampliando nossos canais de venda e promovendo o Centro. No futuro, podemos nos especializar em determinados produtos, mas por enquanto não estamos limitando nossas ofertas impressas em 3D."

Com o Centro de Impressão em 3D na Kielce Technology Park e outras iniciativas tecnológicas nacionais, talvez seja uma questão de tempo até que a Polônia lance a moda da fabricação de baixo custo e conquiste seu lugar entre os influenciadores em inovação do mundo.